Quando Alan Turing estava estabelecendo as leis da ciência da computação que, décadas depois, seriam a base de praticamente todos os PCs, Macs e celulares que todos nós usamos diariamente, é improvável que ele imaginasse que isso ajudaria no desenvolvimento de algo como ‘Goat Simulator’.

Veja também os melhores jogos de mundo aberto para celular!

E quando dizemos ‘algo’, não usamos essa palavra por preguiça ou uma ressaca prolongada. Assim, é bem difícil definir exatamente o que é o ‘Goat Simulator’.

Estranhamente, o game é muito parecido com ‘The Sailor’s Dream’ que venho antes dele – embora por razões totalmente diferentes. Assim, o sucesso cult da Coffee Stain Studios levanta a velha questão de o que é um jogo em primeiro lugar.

Um primo de GTA

Goat Simulator: confira  o review completo do game mobile! - Foto: YT MAS
Goat Simulator: confira o review completo do game mobile! – Foto: YT MAS

Se formos liberais o suficiente para definir ‘Goat Simulator’ como um jogo, no entanto, seu primo mais próximo é sem dúvida ‘Grand Theft Auto’. Elimine as missões e substitua as armas, gângsteres e prostitutas por uma série de cabras, e você resumiu o que há aqui em poucas palavras. O que Coffee Stain Studios produziu é um jogo de mundo aberto que revela positivamente seus próprios defeitos. E isso, se nada mais, é o que diferencia o ‘Goat Simulator’ das dezenas de outros jogos na App Store.

Enquanto milhares de desenvolvedores em todo o mundo arrancam seus cabelos regularmente sempre que um bug é relatado, o Coffee Stain Studios quer que você celebre essas falhas. Assim, eles querem que você as encontre, explore-as e depois jogue para encontrar ainda mais.

Todos esses bugs ocorrem no que é realmente uma configuração despojada. Assim, você se encarrega de uma cabra e controla seus movimentos em torno de uma cidade americana bem genérica e indescritível cheia de estradas, rochosas e habitantes bem densos. À sua disposição está a capacidade de correr, pular, bater, lamber ( com sua língua especialmente longa ) e, divertidamente, cair no chão e se debater como se estivesse tendo algum tipo de ataque. Mas como, quando e por que você usa essas habilidades depende de você.

Um jogo para brincar

Goat Simulator: confira  o review completo do game mobile! - Foto: WF MAS
Goat Simulator: confira o review completo do game mobile! – Foto: WF MAS

E, além do aviso estranho sobre as coisas que você pode fazer – o tutorial do jogo, como o sistema de recompensa, marcando pontos para tudo, desde pular até atropelar desnecessariamente os habitantes da cidade – você pode fazer o que quiser. Gostaria de entrar em um grupo de carros, fazendo-os explodir e os moradores fugirem em pânico, muitas vezes correndo diretamente para a arquitetura de níveis e ficando completamente paralisados? Vá em frente. Quer prender os residentes à sua língua, arrastando-os para um local de sacrifício nas colinas sem motivo algum? Faça isso. Só quer causar um monte de carnificina por diversão? Esse é basicamente o objetivo.

Na verdade, você poderia dizer que é aqui que o ‘Goat Simulator’ é um pouco genial.  Sabendo que um grande número de jogadores assume jogos sandbox não para completar missões lineares, mas sim para brincar com o mundo em oferta e ver se conseguem quebrá-lo, o desenvolvedor Coffee Stain Studios entregou um mundo sem objetivos reais que já está totalmente quebrado. É como o equivalente de um jogo de comédia. Há tantas coisas deixadas intencionalmente erradas no jogo que você pode atacar o ‘Goat Simulator’ de qualquer ângulo e quase certamente acertar um hit.

Um jogo que pode ser cansativo

Goat Simulator: confira  o review completo do game mobile! - Foto: TD MAS
Goat Simulator: confira o review completo do game mobile! – Foto: TD MAS

Mas, como qualquer piada, depois de ouvi-la algumas vezes, o humor tende a se esgotar. Após três ou quatro sessões de jogo estendido no ‘Goat Simulator’, resta saber o que o jogo tem a oferecer. Sem nenhuma estrutura definida real ou mesmo objetivos além da exploração, uma vez que você tenha andado, prendeu algumas pessoas à sua língua, desencadeou uma série de mortes horríveis de maneiras sempre inventivas e caiu aleatoriamente no chão para um ou dois espasmos rápidos, é difícil saber por que você iniciaria o ‘Goat Simulator’ novamente.

Então, como você avalia um jogo que está quebrado intencionalmente? Uma pontuação sólida e universal não é realmente possível. Em vez disso, é melhor dividir o ‘Goat Simulator’ em duas metades. Enquanto a piada é recente, a diversão é abundante. Assim, você pode facilmente jogar até oito em dez, mas assim que começa a se desgastar, há muito pouca razão para fazer uma viagem de volta. Isso significa que você pode facilmente bater dois ou mais pontos dessa pontuação.

Essencialmente, ‘Goat Simulator’ tem as características de um meme da internet. É perfeito para compartilhar com os amigos e muito divertido no começo, mas muito parecido com o jornal de ontem, sua vida útil é extremamente limitada, e é improvável que o mais recente game do Coffee Stain Studios faça tudo ter mais impacto.

Conclusão

Goat Simulator: confira o review completo do game mobile! – Foto: TD MAS

Um jogo intencionalmente quebrado, a caixa de areia paralisada do ‘Goat Simulator’ foi projetada para excitar e divertir, servindo bugs e falhas como doces. Muito cedo, no entanto, as risadas secam, e o que resta parece uma notícia de ontem, com todos os seus truques liberados e com muito pouco para substituí-los.

Baixe ‘Goat Simulator’ para iOS;
Baixe ‘Goat Simulator’ para Android.

Gostou? O que achou? Deixe seu comentário!